Loading...

Pesquisar este blog

sexta-feira, 6 de março de 2015

Coisas que mais irritam os cadeirantes


  Pessoas insistentes

Quando estou andando pela rua sempre aparece aquela pessoa insistentemente caridosa que fica te oferecendo 200 mil vezes ajuda mesmo dizendo que não preciso.
Se não aceitei ajuda não é porque sou orgulhosa, é porque realmente não preciso.



Pessoas que me tratam como um bebê.

Não tem nada tão irritante quanto aquelas pessoas que te olham com olhar de dó( ou pior ainda falam com voz fina).


  "Qual doença você tem?".
Não sou doente, apenas tenho uma deficiência.
Sem mais.
"Coitadinha vai melhorar!"

Melhorar de que se não estou doente?

Será que as pessoas acham que por um passe de mágica vou sair andando?

Não, eu não vou!


Você não anda porque não tem fé " ou pior "Você não anda porque não quer".

Sério isso? Eu não ando porque não consigo não porque não quero.


Pessoas apoiadas na minha cadeira. Não sou cabide.

Não trate um(a) cadeirante como criança:

Esta certo que por estarmos sentados parecemos menores que o normal, mas gente não é criança. Vamos parar com esta história ai em pessoal, isso é muito chato, não fiquem falando no "inho", fale o português normal, não precisamos de diminutivo para te compreender, somos limitados fisicamente não mentalmente, mais como tinha dito alguns tem problemas mentais sim, mas nem todos.


Não nos olhem como se a gente fosse um ser de outro mundo:

Isso é chato, parece que a pessoa que nos olha assim se acha superior a nós por andarem, e na maioria das vezes isso acontece logo no primeiro contato com um 4 rodas, está certo que em alguns casos temos algumas deformidades no corpo por estarmos sentados, mais somos iguais a você, temos dificuldades motoras apenas isso.
.
Não queira saber mais sobre nossa situação do que nós cadeirantes :Esta dica vai para você que acha que sabe tudo sobre nós, vou dizer só quem sabe somos nós, pode parecer que isso tenha saído com um pouco de intolerância, não, não saiu, mais isso nos irrita muito, até mesmo familiares mais próximos fazem isso, tipo quando estamos mal sentado e falamos que estamos, as pessoas teimam em dizer que estamos bem sentados, mas só quem pode te dizer isso somos nós, se eu te disser que penso tal coisa sobre ser cadeirante, não tente me dizer que estou errada, porque só quem esta na pele de um cadeirante pode saber melhor que você que pensa que sabe. 

Não tirei suas crianças de perto de nos como fossemos um monstro ou coisa parecida :  isso é chato, pois vivemos isso constantemente em ambientes que tenha crianças, os pais não sei porque não deixam a criança se aproximar da gente, e chegam a falar coisas do tipo: "Sai dai que a tia vai te pegar". Pode ser que tenham medo que vá nos derrubar, mais não tenha medo se qualquer coisa nos deixe cair da cadeira ela não seria segura, mas ela é, e muito segura. Então aqui vai um recado a vocês pais, deixe as crianças se aproximarem, normalmente gostamos de crianças, e não fiquem inibindo seu filho de nos fazerem perguntas estranhas, gostamos disso e sempre iremos responder na boa e de uma forma que a criança nos entenda, relaxa ai gente, não faça a criança acabar tendo preconceito quando se tornar um adulto.



Uma das coisas que também me irrita é quando a pessoa não pergunta se quero ajuda e sai travando e destravando o freio da minha cadeira de rodas, ora , tudo bem que eu demoro, pois como eu só consigo usar a mão direita para executar esta tarefa, logicamente o fato da minha demora causará um desconforto em quem espera por isso peço, mesmo que você anseie ajudar alguém nestas condições , espere o cadeirante pedir ajuda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário